Alentejo sem Lei
João Canijo
Extras:
“17 Anos Depois…” conversa com João Canijo, Rita Blanco, Fernando Luís, Rogério Samora, Vítor Norte, Rita Loureiro e Manuel João Vieira
Imagens
Capítulos
Filmografia João Canijo
Características Técnicas:
1:1:33 | Som 2.0 | Formato 4:3 | Episódio 1 - 56’; Episódio 2 - 49’: Episódio 3 - 48’

M/12

Editado: 06-2007
preÇo: 15 euros
comprar
O Alentejo, por alturas de 1850, era uma terra de bandidos e malteses. E é neste território sem lei que tem lugar a história do Bando do Zarolho: o Major, a Morgada, Ferro, Negas e Fininho. Depois do fim da Guerra Civil de 1828-43, o grupo continua a sua luta por D. Miguel, até que, a pouco e pouco, os seus elementos se transformam em ladrõezecos com a cabeça a prémio, um bando de pobres diabos que têm de assaltar os montes para sobreviver. O Major divide-se entre o sentimento de protecção pela Morgada – criatura bravia e indomável que ele jurou proteger -, e a paixão que descobre por Marianita, uma menina de boas famílias que foge de casa num desvario de amor. Perseguidos por Geraldo, que pretende vingar o pai, e por Galamba, oficial traidor que quer salvar Mariana, seguimo-los numa viagem por um Alentejo sem sombra nem lei, onde a justiça tem de ser feita à força e pelas suas próprias mãos. A paisagem alentejana serve de pano de fundo para duelos e paixões, mas também para momentos de grande humor.
com
Carlos Daniel, Rita Blanco, Fernando Luís, Canto e Castro, Cremilda Gil, Maria Vieira, António Feio, Rogério Samora, Vítor Norte, Adriano Luz, Nuno Melo, Rita Loureiro, Luís Alberto, Luís Pavão, João Azevedo, Márcia Breia, Miguel Guilherme, Herman José,  Paulo Branco, Isabel de Castro
ficha tÉcnica
realização João Canijo
argumento João Canijo
música Manuel João Vieira
fotografia José Luís Carvalhosa
som Gita Cerveira
montagem Elizabete Fernandes
décors Zé Branco
guarda-Roupa Isabel Branco
chefe de produção Camilo João (Tuxa)
director de produção Alexandre Barradas produtor Paulo Branco
produção Madragoa Filmes / RTP

PORTUGAL - 1990 - 153' - cor