Cuba, Uma Odisseia Africana
Jihan el Tahri
Extras:
Capítulos
Narração francês, inglês, alemão, espanhol e português
Legendas francês, inglês, alemão, espanhol e português
Características Técnicas:
1.78:1| som Dolby Digital Stereo| formato 16:9 compatível com 4:3| ntsc zona 0
Narrado e legendado em Português
M/6

DESCONTINUADO
Editado: 12-2007
preÇo: 15 euros
comprar
Entre 1961 e 1991, a África serviu de campo de batalha para quatro adversários com interesses bem definidos. Os Soviéticos queriam estender a sua influência por um novo continente, os
Estados-Unidos apropriar-se das riquezas naturais existentes em África, os antigos impérios sentiam vacilar a sua potência colonial e as jovens nações defendiam a sua independência acabada de conquistar. Contra o capitalismo, o socialismo ou o colonialismo, estes povos que pela primeira vez eram senhores dos seus países, tornaram-se uma espécie de terceiro bloco e combateram em nome de um novo ideal: o internacionalismo como arma para assegurar
a independência nacional.
Todos os jovens revolucionários africanos, como Patrice Lumumba,
Amílcar Cabral ou Agostinho Neto, apelaram aos guerrilheiros cubanos para os ajudar na sua luta. E a Cuba de Fidel Castro teve um papel crucial, embora pouco conhecido, na nova estratégia ofensiva das nações do Terceiro Mundo.
Por detrás dessa guerra que se disse “fria” e dos seus confrontos “por procuração”, Cuba, uma odisseia africana vai da epopeia trágico-cómica de Che Guevara no Congo até ao triunfo na
batalha de Cuito Cuanavale em Angola para contar a história desses internacionalistas, cuja saga ajuda a compreender o mundo de hoje: ganharam todas as batalhas, acabaram por perder a guerra.

ficha tÉcnica
realização Jihan el Tahri

FRANÇA - 2007 - 190´- cor e p&b