23 Julho 2020
O PARAÍSO, PROVAVELMENTE DE ELIA SULEIMAN CONTINUA EM EXIBIÇÃO
O Paraíso, Provavelmente a nova comédia de Elia Suleiman continua em exibição em Lisboa (Cinema Ideal e UCI El Corte Inglês), Porto (Cinema Trindade) e Cascais (O Cinema da Villa).


Elia Suleiman deixa a Palestina à procura de uma nova pátria. Mas a busca por uma nova vida torna-se numa comédia de enganos: quanto mais se afasta da Palestina, de Paris a Nova Iorque, mais os novos lugares lhe fazem lembrar o seu país natal. 
Um conto burlesco que explora a identidade, a nacionalidade e a pertença, no qual Suleiman coloca uma questão fundamental: onde nos podemos sentir “em casa”?

"Das cidades desertas às cargas policiais absurdas 'O Paraíso, Provavelmente', notável filme de Elia Suleiman, antecipou o tempo em que vivemos" Francisco Ferreira, Expresso

"Um dos grandes filmes do ano chega por fim a Portugal (02/07), numa altura em que os confinamentos são cada vez mais diluídos na nossa realidade. Eis um cineasta fala-nos numa linguagem universal e burlesca (assim como este Mundo parece restringir-se)."Hugo Gomes, c7nema

"Que paraíso é esse em que provavelmente se está? Ora, é o mundo global. O Paraíso, Provavelmente, nas salas a 2 de Julho, reclama o direito de um “cineasta palestiniano.” Luís Miguel Oliveira, Público

"Elia Suleiman pode ser visto como um palestiniano moderado, e os seus filmes são sempre políticos mas num sentido doce. Existe no entanto um tema que se sobrepõe aos demais, e que vemos inscrito no nome de uma livraria que existe mesmo em Paris, a L’Humaine Comédie, situada na Île-de-France É para isto que Elia Suleiman aponta a câmara, com uma encenação mais naturalista nuns momentos, e mais fantasiosa noutros. A comédia gerada pelas vidas banais que as pessoas levam todos os dias, em todas as partes do mundo." Ricardo Gross, à pala de Walsh