MARGOT
Catarina Alves Costa
Entre 1958 e 61, Margot Dias integrou quatro missões etnográficas ao extremo Norte de Moçambique. Filmou e gravou muitas horas, registos visuais e sonoros únicos da cultura makonde. Essa viagem mudou a sua vida, como se o encontro com o outro tivesse o poder e a força de a fazer reencontrar-se a si mesma.
É essa mulher por detrás dos registos destas viagens que procuramos retratar, indo até à sua juventude na Alemanha dos anos 20, ao encontro e casamento com o etnólogo português Jorge Dias, e às missões que fizeram juntos à então colónia portuguesa de Moçambique.

festivais
Doclisboa 2022 - Selecção Oficial - Heart Beat
ficha tÉcnica
realização Catarina Alves Costa
montagem Pedro Mateus Duarte
imagem João Ribeiro
som Gabriel Mondlane, Armanda Carvalho
montagem e mistura de som João Alves
correcção de cor Gonçalo Ferreira
laboratório Irmã Lúcia
pesquisa Alemanha Johannes Reiss
pós-produção Sofia Tonicher

arquivos Museu Nacional de Etnologia e Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema
apoio financeiro de ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual - Apoio à Finalização

produtor Pedro Borges
produção Midas Filmes

72' | DCP | cor | Portugal